Olhar… Como uma criança.

. Fascina-me o poder que um sonho tem no nosso mundo, ao mesmo tempo que me entristece ver o quão perdida essa prática está. Sempre digo que o mundo é torto e nos força a entortar com ele… Mas isso não pode ocorrer. Não pode se tornar tolice querer ver e acreditar no inconvencional.

20160320_182532

. Quando criança, tudo nos é novo e divino. Seja o cão que late ou o elefante voador, tudo tem a mesma dimensão. Nesse período acreditamos no amor, com o tempo tantas “pancadas” sofremos até que duvidamos dele, e repetidas vezes os golpes endurecem e deixamos de crer no “impossível” para nos rendermos ao cômodo estado de estabilidade.

. Só conhece o amor quem arrisca vivê-lo, só avista paisagens surreais os que se põe a caminhar, estamos tão presos ao resultado do “Será que vale a pena?” que esquecemos de cultivar o agora. Jamais deixais escapar de vossas mentes que a jornada é muitas vezes mais valiosa do que a recompensa final e que tudo de maravilhoso e espetacular que damos erradamente como normal, como a comunicação via ondas, um avião de toneladas voar ou um aparelho ser capaz de registrar um momento e eternizá-lo foi possível pelo fato de ter nascido de um sonho, que ainda que o mundo considerasse loucura foi projetado, tentado, muitas vezes fracassado para que um dia pudesse virar realidade e mudar o mundo.

. Fechem os olhos… Imagine algo que quando criança tanto desejava… Agora pergunte-se qual o motivo de ter desistido. Ficou bobo demais? Ou deixou de amar as coisas simples, os detalhes que pareciam tão incríveis e agora não tem sabor. Reflita mais e melhor sobre si e se não puder achar vontade de buscar algo, é porque não o fez o suficiente. Persista. Está tudo dentro de nós. Jamais permita que os prédios ao seu redor te impeçam de saber que há horizontes, e que basta levantar a cabeça e ver, basta apenas isso, a capacidade de sonhar e olhar como uma criança. Sem dogmas ou preceitos.

Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos “fatos”!

O Rio de Janeiro continua lindo… Será?

.       Esses dias dei uma volta por Copacabana, também pelo centro do RJ, e a cada dia que passa o misto de encanto com terror tomou meu coração. Como pôde esse Estado maravilhoso ficar do jeito que está?

violenciaRJ(1)

.       Em plena Zona sul moradores de rua, crianças usuárias de drogas e no centro é um lixo só. Cheiro de urina, calçadas alagadas com esgoto e uma tensão no olhar de quem anda pela rua a espera de a qualquer momento ser assaltado. Estamos há alguns meses das olimpíadas e com toda certeza a única solução do Governo vai ser pegar todos os moradores das ruas e esconder até que o evento passe para voltarem, atitude que foi tomada por diversas vezes.

.       É tão triste… ter a certeza de que quem nos representa no Governo está mais interessado consigo do que com o bem estar da população. Tanta gente jogada pela rua e nenhum projeto forte para devolver a dignidade. Retrato fiel de uma política rasa, de pouco alcance, dirigida por políticos sem preparo administrativo. Rio de Janeiro é lindo sim, mas o único responsável por isso é Deus, de forma que o homem tem se esforçado muito para encher seus bolsos e deixar a cidade a míngua.

violencia-no-rio

.       Olhar para a cara dos políticos, que andam fugindo da mídia, dá desgosto. Sabemos sim, que não querem nada com o povo, não pensam em fazer um projeto para dar certo de fato, com toda a estrutura. Prova disso é a UPP, que ao invés de libertar as comunidades escravizou todo o Estado, Região Serrana, Baixada Fluminense, Costa Verde, Região dos Lagos, entre outros locais do Rio está muito mais perigoso depois da política de segurança pública feita por incompetentes.

.       O Rio está um caos, em tempos de crise nem ir a uma praça fazer um programa barato está viável. Estamos presos e os bandidos, incluindo os políticos, estão soltos às ruas fazendo o que querem com a população. Gradeiem vossas janelas, pois os dias estão escuros em todo o Brasil.

.       Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos!

Terror no mundo!

 

.       O grupo terrorista chamado “Estado Islâmico” tem mostrado força ao mundo e independente das declarações feitas pelas autoridades mundiais, devemos admitir certa impotência para lidar com esses terroristas. Estamos falando de lideranças com nível superior, com capacidade de articular para o mal.

22

.       Os atentados terroristas assustam pela forma que é feita. Muitas vezes suicidas, procuram locais de grande movimentação para causar impacto moral nos países que atacam. As mais de cem pessoas mortas na França nos levou a reflexão sobre o poder que a organização terrorista tem em mãos.

.       Há alguns anos uma tensão entre EUA e Síria deixou o mundo aflito sobre a possibilidade de uma guerra, mas devido aos acordos acolhidos pelo presidente Sírio a pressão diminuiu, no entanto muitos problemas foram acirrando no ambiente interno com grupos rebeldes apoiados pelos EUA querendo tirar Al-Assad do poder, o que a Russia por sua vez não deseja. Tudo piorou com a entrada do Estado Islâmico nesse cenário, o grupo vem tomando vários territórios e impondo terror e guerra a população de vários países. O ocidente observou tudo de longe com displicência até que a crise de migração estourou e levou milhares de refugiados para a Europa, mas junto deles terroristas treinados caminham. A tardia ação para minimizar o caos na Síria fez o mundo inteiro entrar nele.

.       As grandes guerras gostam de acontecer quando o mundo atravessa crises econômicas e essa guerra, afirmo, não é diferente. Levantando agora questões mais complexas sobre qual atitude tomar contra o terrorismo muitos refugiados estão sofrendo com o preconceito que é fruto de um medo. Não dá para dizer que um ou outro está agindo errado, a segurança nacional é importante, mas não podemos simplesmente permitir que milhares de pessoas morram a míngua. Não em mundo globalizado que trabalha em prol da cooperação mundial contra grandes demônios da humanidade, guerra, fome, trabalho escravo, etc…

Estado-Islamico-3

.       O caso em Mariana no Estado de Minas Gerais foi uma tragédia também e dados recentes do número de assassinatos no Brasil assustam, só em 2014 foram 52 mil, segundo dados dos Estados Brasileiros. É sem dúvida um número de guerra que supera de maneira gigantesca os ocorridos na Europa, só que oriundos da nossa miséria social, da mentalidade de “porco” que os brasileiros têm assumido ao longo dos anos. E embora dito tudo isso a ridícula busca de qual tragédia é pior, principalmente nas redes sociais, mostra como o ser humano pode ser pobre. Pois todas são terríveis, todas impactam e o fato de um atentado terrorista assumir os noticiários do mundo não é simplesmente pelas mortes de Paris, mas pela ferocidade de um grupo que deseja exterminar todo mundo que não se ajoelhar diante de suas ideologias. Uma ameaça para a vida que conhecemos, uma ameaça para o próprio Islã que ganhará sem dúvida perseguidores, culpados pela fatia radical.

 

.       Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos.

 

 

Qual deve ser a idade penal?

.       A idade penal tem sido um tema muito discutido nos últimos tempos, entretanto nesses dias a necessidade da reavaliação da nossa estrutura penal, não só nesse tema, mas como um todo, tem sido extrema. Os ocorridos no Estado do Rio de Janeiro levantou com ênfase a questão de menores não terem a punição “adequada” com o crime. A comunidade reclama da falta de segurança pública, o Governo alega que a polícia prende e a justiça solta, o judiciário alega ineficiência do Estado. O que ninguém pode negar é que cada vez mais os menores de idade estão praticando crimes perversos e com impunidade.

violencia-urbana

.       Nosso sistema educacional é falho, logo cada vez mais as crianças são entregues as ruas e ao crime. Com um sistema penitenciário falido torna-se impossível a reabilitação do condenado, as casas de retenção de menores criam pessoas piores. Então fica a dúvida: O problema é investir em escolas? Crianças devem ser presas? Enquanto a educação avança, o que fazer com as que se perderam? Nada é de todo certo ou errado. O Brasil sempre mostrou incompetência gerencial, mas a beira de um colapso a necessidade de uma ação é evidente.

.       O que me deixa mais triste é que embora sejam necessárias ações mais eficazes na prisão de menores infratores, fica um vazio, pois em todo caso é sempre uma esperança de um futuro decente indo por água a baixo. No Brasil, como em muitos países com baixo investimento cultural, o mundo do crime tende a ser mais sedutor. Podemos prender, mas sabendo com plena convicção que aquela criança ou adolescente, por mais perverso que seja, foi perdido com pesar para a falta de oportunidade. Um preço a ser pago, mas um preço caríssimo.

.      Vamos prender, prender e nunca recuperar. Assassinato é um crime terrível, que embora não impossível, é muito difícil recuperar, mas existem delitos menos graves que a recuperação é viável desde que tenha estrutura para isso. Eu ando tão desgostoso com o Brasil que qualquer lei que façam para reduzir isso ou aquilo tende a não dar certo pela pífia infraestrutura.

.       Se alguém tem uma solução eu gostaria de ouvir. Precisamos da sociedade atuando nesse assunto. Ver na TV um jovem com ódio e indiferença no olhar por matar alguém é chocante e triste.

.       Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos.

Assustado?

.       Os mais céticos tiveram nesses últimos dias a constatação do quão podre está nosso plenário. É triste ver tantos políticos metidos na roubalheira da Petrobrás, entretanto mais do que triste, isso é assustador!

joao-plenario

.       Como iremos e pra onde? Uma pergunta capciosa que busca e tende ao erro. Não há trilha com luz no fim do túnel para os brasileiros, tendo em vista todo nossa esquemática política ficamos sem saber como iremos acabar. O roubo deliberado da nação tem impactado fortemente na população brasileira que tem pagado caro com impostos exagerados e uma inflação que se descontrola cada vez mais.

.       Agora se monta um motim para descadeirar a Presidente Dilma do poder. A falta de sintonia é triste, a gente está querendo golpear a democracia como uma criança mimada que não aceita a resposta dos pais. Querendo ou não, ela foi eleita nas urnas e não há outro turno. O que precisamos entender de uma vez por todas é a forma de lutar, se não for ela, será outro a fazer “merda.” Temos que sair às ruas para protestar por melhorias no país, obriga-la a desfazer a baderna que tem propagado até aqui. E dizimar essa ideia existente na cabeça de quem não entende nada de política que nem tudo o que acontece é culpa do Presidente. Nosso Legislativo está apodrecido e qualquer um que assumir o alto cargo do executivo está fadado a entrar no jogo de politicagem impresso e estampado para quem quiser ver.

.       Honestamente tem me irritado muito as medidas  lançadas pelo Governo Federal, estamos pagando pelo roubo de políticos e funcionários da estatal. Mas, todavia, penso comigo que o maior veneno deste país é o plenário e o povo que insiste em vender seus votos ou em reeleger candidatos que estão sendo processados por corrupção. Pensem melhor e analise nosso cenário político atual. Vereadores, prefeitos, deputados e senadores é a pior raça da hierarquia política. Não todos, mas a maioria. Vocês podem puxar, o Governo Federal repassa verbas e eles nem usam toda a verba para projetos das áreas destinadas. A verdade é que nosso país está muito decadente, é como uma casa de madeira onde as infestações de cupins estão entranhadas nos alicerces, falta pouco, mas se nada for feito e continuarmos sendo empurrados por mídia e gente mal intencionada cairemos feio.

.       Uma visão superficial é sempre uma visão deturpada. Precisamos olhar melhor e além. O Presidente é culpado, mas não podemos esquecer de todo o resto. Proteste, mas por tudo que vale a pena e não por migalhas. Mas… afinal de contas, nosso povo não está nem aí, estamos aptos para eventos e não para revoluções.

 

Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos!

Brasil, mar de corrupção.

 

  Escândalo na Petrobrás, verbas para propaganda política superfaturada, desmatamento para enriquecer, políticos santos que apontam uns aos outros, assassinato de policiais e civis, cidadãos individualistas e propinas em geral são apenas alguns dos grandes ataques a moralidade e a qualidade de vida da população brasileira.

1655998

     Vamos admitir. Quem não conhece um corrupto? Todo mundo conhece alguém próximo que ganha aquele dinheirinho facilitado. É quase desestimulante aceitar o fato de que a maioria das pessoas gosta de levar uma vantagem. De um lado a outro. Hospitais, escolas, empresas, licitações, serviços públicos. Mas o setor mais corrupto é o setor cotidiano. Nesse setor as pequenas e as grandes contravenções são corriqueiras, onde o autor é o cidadão e a vítima é o cidadão. Estranho?

     Temos que questionar o motivo de termos um Governo tão corrupto e não me refiro apenas a presidentE Dilma, mas ao Legislativo também.  Li assim “ O povo tem o Governo que merece…” será que é verdade? Pergunte-se baixinho, somos um povo sem vergonha? NÃO RESPONDA!!

     Bom, o preço da luz vai aumentar de novo, os impostos para a empresa manter um funcionário mais que dobrará. O que nosso Governo deseja? Gerar desemprego? Bom, precisamos mover alguma palha para fazer um fogo. Nossos Governantes estão certos que somos inertes e por isso não levam mais em conta a opinião popular, falam com orgulho das medidas necessárias e lutam para a economia voltar a funcionar e a roda girar, mas o povo está de lado. A passagem é um absurdo, os impostos são no mínimo um abuso e tudo que lutamos deixamos cair abaixo, nós não temos organização.

bandeira-brasil

     Não digo a Dilma apenas, mas ELA e todos os deputados, senadores e a pior espécie de políticos que são os da máquina municipal (vereador e prefeito) que buscam estar lá apenas para garantir que seu boi fique na sombra. Não se trata de quebrar os bancos, as lojas, as cidades, não se trata de fazermos baderna, mas se trata de nos respeitarmos o bastante para não permitir que nos tratem como mequetrefes. Trata-se de sermos maiores do que temos sido para não nos tornarmos mais uma engrenagem de corrupção. Não aceite suborno, não aceite negócios ilícitos, não aceite o esquema político partidário que tira proveito da nossa condição. Abra os olhos. Não permita que sua integridade vá para o ralo em troca de uns trocados.Logo mais voltarei com boas novas para aqueles que desejam um país melhor…

     Ah! Parabéns Rio de Janeiro. Afinal, amanhã é seu aniversario.

     Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa do fatos.

O Spock de Jornada nas estrelas, Leonard Nimoy, morre aos 83 anos de idade.

O ator norte-americano Leonard Nimoy, conhecido pelo papel de Spock em “Jornada nas estrelas”, morreu aos 83 anos, na manhã desta sexta-feira em sua casa em Bel Air, bairro de Los Angeles. Sua mulher, Susan Bay Nimoy, confirmou a notícia ao “New York Times”, dizendo que a causa da morte foi o estágio final de doença pulmonar crônica obstrutiva.

shelson-e-nimoy

 

O ator revelou durante o último ano, que era portador de uma grave doença no pulmão. “Parei de fumar 30 anos atrás. Não cedo o suficiente. Eu tenho COPD (Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica). O vovô aqui diz pare agora!”, escreveu na ocasião em sua conta no Twitter.

A doença de Leonard Nimoy tem uma forte relação com o fumo e atinge pessoas principalmente a partir dos 40 anos. A doença causa falta de ar, fadiga muscular e insuficiência respiratória, e é apontada pelo Ministério da Saúde como uma das principais causas de mortalidade no Brasil.

2015-02-27t173709z_274879073_gm1dtfvrglaa_rtrmadp_3_people-leonardnimoy

Resumo Biográfico:

Nimoy nasceu nos EUA, em Boston no dia 26 de março de 1931. Filho de Judeus,ele teve sua primeira experiência aos 8 anos na produção “Hansel e Gretel”. Além de atuar em teatro, séries e filmes, Leonard também atacou como diretor de filmes, dirigindo  terceiro e quarto longas de “Star Trek”. Nimoy também dirigiu os filmes “Coisas engraçadas do amor”, com Gene Wilder, e “Três solteirões e um bebê”, de 1987, uma das comédias de maior bilheteria da época.

Leonard Nimoy foi casado duas vezes, com a atriz Sandra Zober (1954-1987), com quem teve um casal de filhos, e com Susan Bay, desde 1988. Seu filho, Adam Nimoy, hoje é diretor de televisão.

74cc28416b646ae6f87d5a502fbd03b7

O Set Panorâmico, deseja que Nimoy descanse em paz e agradece pela contribuição artística que certamente será lembrada por muito tempo.

Terror! Não são todos!

.     Esses dias temos acompanhado a repercussão do atentado terrorista em Paris. Claro, que muitos estigmatizam toda a população muçulmana, mas devemos entender que esses atos não se estendem a todos. É como dizer que todo morador de favela é bandido, sabemos que a maioria são pessoas de bem. Dito isso, deixo minhas condolências para as famílias dos mortos e a todos aqueles que são vítimas diretas ou indiretas do terrorismo.

.     Há muitos anos que os extremistas causam problemas pelo mundo a fora. Sabemos também que o Ocidente se mete em assuntos orientais desde que puderam atravessar os mares, vide as cruzadas. O jornal Frances tem publicado sátiras do profeta Maomé e isso já vem tornando-o alvo faz muito tempo. A questão é: Qual o motivo de espetarmos a crença desse povo com nosso humor ocidental? Nada justifica o que foi feito, mas embora devêssemos apoiar a liberdade de expressão, seria melhor não blasfemar ícones sagrados, nem deles e nem de ninguém. Não digo para deixar o terror passar despercebido, mas de resolvê-lo da maneira mais correta possível.

aa

.     Não há o que entender, o estilo de vida oriental é muito diversificado do nosso, analise as filosofias, vestes, pratos, arquitetura, até o cenário. Muitas coisas que nos caem bem fica atravessado para eles. Em alguns locais comem cachorros e isso nos causa asco, aqui comemos boi, na índia é inadmissível. Mundos diferentes dentro de um só. O que causa guerra é a falta de compreensão das partes. Se não fossem as sátiras, por certo que os terroristas inventariam algum motivo para fazerem o que fazem de melhor, mas dar motivos tão aparentes é um perigo grandioso que devemos estar preparados ao proferir.

.     Os líderes se reúnem, fazem estratégias e qualquer muçulmano tornar-se-ão suspeitos ao frequentar um lugar público, um avião. Eu sou contra estereótipos, sempre os achei pobres. Temos muito que aprender e a ensinar, nesse processo muitas coisas ruins e boas acontecem, vidas sendo tiradas por causas falsas, terror sendo imposto à populações que ficam a mercê de uma minoria extravagante. Governo, terroristas, população, todos envolvidos em uma trama sem sentido onde enquanto não estourar uma guerra nuclear, enquanto um não varrer o outro do mapa, dificilmente reavaliarão os conceitos.

aaa

.     Talvez seja a hora de pensarmos bem no que há de melhor no outro. Novamente desejo um descanso com paz aos jornalistas, a população ocidental e oriental que vem sofrendo por séculos pela falta de entendimento das partes. Para cultivar o ódio basta aguçar os ouvidos e tapar o discernimento, para cultivar o amor basta abrir o coração.

 

.     Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos!

Nordestino burro? Nossa democracia, uma grande falácia!

.       Depois das eleições presenciamos grandes ataques ao povo nordestino pelo fato da região ser grande beneficiada dos programas do Governo Lula e Dilma. Sabemos que os programas têm grandes falhas e precisam ser revistos de forma rigorosa, mas talvez seja difícil de acreditar que quem criticou os nordestinos já tenha vivido as mazelas que esse povo tem passado.

Fonte: http://news24horas.wordpress.com/2012/05/17/inovacao-economica-e-cultural-no-sertao-nordestino-viabilidade-possivel/

Fonte: http://news24horas.wordpress.com/2012/05/17/inovacao-economica-e-cultural-no-sertao-nordestino-viabilidade-possivel/

.       Em uma democracia deve haver o respeito ao posicionamento do próximo, mas quando esse posicionamento ofende outro temos um grande impasse. Respeitar é necessário, pois o povo que vive na região norte e nordeste fez tanto quanto os outros para o crescimento e construção desse país.

.       Sabemos o resultado da intolerância, ela já foi exercida por grandes ícones que trouxeram ruína ao mundo. Precisamos lutar pelo que acreditamos, necessitamos e muito nos posicionar e buscar as coisas que temos “certeza” que trará o melhor para o Brasil, só não é admissível ofender nossos semelhantes, agir como ditadores.

hitler

.       À todas as pessoas que acreditam serem superiores, gostaria de dizer que a grandeza está principalmente na capacidade de enxergar a situação como um todo, de maneira panorâmica para que tenhamos a real dimensão de como se tratam as coisas. O fato de existirem cidadãos que recebem benefícios do Governo sem precisar, o fato do próprio Governo utilizar programas para ganhar votos não significa que não existam pessoas que precisem de ajuda. Há lugares no país onde não tem comida, água e sequer trabalho para buscar o sustento e não acredito que quem tenha dito tais absurdos tenha real noção do que é uma realidade tão dramática. Não é preciso tomar o tiro para saber que dói, mas há quem só descubra a dor com a “porrada.” Não devemos generalizar, muitos nordestinos e nortistas são grandes intelectuais.

.       Quero deixar meu abraço aos brasileiros do norte, nordeste, sul, sudeste e centro oeste desse país e dizer que respeito é um requisito para se viver em paz. Podemos não aceitar, ter dificuldades de tolerar, mas respeitar o próximo é um dever. Não somos mais crianças para não entender isso, quando se cresce devemos ter noção do que nos cabe como cidadão desse mundo miscigenado.

 

.       Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos.

 

Mar de lixo.

.    Como de costume, quem saiu pelas ruas pôde presenciar o terrível mar de lixo que cobre o chão em dias de eleição. Uma vergonha de fato que vai da insensatez do candidato até a falta de cidadania dos eleitores.

Foto visão nacional

.    Precisamos mudar nossa postura frente aos deveres que são de nossa responsabilidade, agir sem pensar é uma arte muito utilizada por pessoas que não levam em conta o bem social como um todo, mas para cidadãos brasileiros que estão conseguindo várias conquistas pelo mundo é inadmissível esse tipo de comportamento. Por diversas vezes vejo pessoas tacando objetos pelas janelas de ônibus, trens ou carros. Até quando iremos nos comportar como um primata?

.    Esse lixo que tacamos entope bueiros e causam enchentes, aposto que todos estamos cansados desses sermões ecológicos, mas a redundância infelizmente ainda cabe nesse país. Toda vez que presenciarmos um ato de vandalismo como esse precisamos agir, Não de forma radical e violenta, mas no intuito de orientação e reprovação pelo ato cometido.

palioalagado_sp_GI_960_640

.    No fim, é uma questão de respeitar o local onde você vive. Esperar que uma população revindique direitos básicos e que cada um cumpra seus deveres mais primários é pedir demais hoje em dia. Ou será que não? Vamos pensar um pouco além do que estamos acostumados e calcular o impacto das nossas ações.

 

Vítor Emanuel, oferecendo uma visão alternativa dos fatos!